sexta-feira, 29 de maio de 2009

Carros de Competição: BMC Mini-Cooper S

O BMC Mini Cooper é sem dúvida um dos melhores carros de rali de todos os tempos. Logo após o lançamento do Mini em 1959, John Cooper, amigo de Alec Issigonis, e chefe da Cooper Cars, famosa preparadora de carros e equipe de F1 na época, viu no pequeno carro potencial para uma grande máquina de competições, enquanto Issigonis se mantinha contra a idéia de que o pequeno carro urbano pudesse ser competitivo. Não satisfeito, Cooper foi falar com a diretoria da BMC, e após resposta positiva, desenvolveram o Mini-Cooper, lançado em 1961. O carro tinha um motor de cilidrada aumentada (997 cc contra os 848cc originais), dupla carburação, e câmbio encurtado, o que fez com que a potência fosse de 34 HP para 55HP, somado a freios a disco dianteiros, e tração dianteira. Estreou nos ralies na mesma época do lançamento, tendo as 1.000 unidades requeridas para ser homologado para o Grupo 2. Mas em 1963, surge o Mini definitivo, o Cooper S, com motor revisado contando com 1275cc e 75HP de potência, além de freios servo-assistidos. Com isso, se tornou o carro dominante na década de 1960, ganhando o rali de Monte Carlo quatro vezes seguidas, entre 1964 e 1967, sendo desqualificados em 1966, devido a irregularidades com os faróis, se não fosse desclassificados em 1966, seria o único carro a terminar o rali de Mônaco entre as três primeiros por seis vezes consecutivas.

3 comentários:

Marcos Antônio Filho disse...

linda foto e lindo mini,um super carro!

Luís Augusto disse...

Poucos carros foram tão marcantes em duas classes distintas como o Mini, que se firmou ntre os populares e entre os carros-esporte.
Um clássico, sem dúvida!

Anônimo disse...

E essa de a MINI ter desafiado a Porsche??? Os caras são loucos: http://www.ypsilon2.com/blog/publicidade/mini-utiliza-o-poder-da-internet-para-desafiar-a-porsche-em-uma-corrida/